FANDOM


Respostas
Lista de respostas dos diálogos do Episódio 9 (University Life) do jogo Amor Doce

Respostas em verde: o loveô aumenta.
Respostas em laranja: o loveô não muda.
Respostas em vermelho: o loveô diminui.
Respostas em preto: resultado ainda não confirmado.

Paqueras

Castiel

Parece que você está bem melhor. A gente não se viu desde o seu episódio de Bela Adormecida. 
A. Sim... Muito melhor. Obrigada mais uma vez pelo que você fez. 
B. Já faz tempo, né. Tive tempo de me recuperar.
C. A Bela Adormecida que desmaia sob pressão em plena aula de Desenvolvimento Pessoal... Não tenho muita certeza de que é assim que acontece no conto. 

E por que eu iria nesse tipo de evento?
A. Se, de repente, você não tiver nada programado... Poderia ser legal.
 B. É um pedido da minha chefe. Ela quer a presença de pessoas com uma certa notoriedade... Isso me fez rir na hora, mas talvez uma noite como essa possa realmente te interessar... (ou Neutra)
 C. Eu prefiro estar acompanhada. Então, estou te convidando... (ou Neutra)

Se respondeu C: É um encontro romântico?
A. Não! É só um convite para passar uma noite comigo, s-só isso. Não é um "encontro romântico".
B. Por que não? (ou Neutra)
 

Vamos dizer que... Eu não tinha nada para comer em casa. Era uma boa ocasião para vir beliscar a comida do bufê discretamente. 
A. Aposto que você adora essas festas da socialite, na verdade. 
B. Que legal que você veio! Já chegou bastante gente. Os últimos convidados não devem demorar para chegar. Vou lá com você logo em seguida. 
C. Nesse caso, espero que o bufê não te decepcione. 

Uma verdadeira organizadora de eventos. Talvez a gente te contrate para os nossos shows.
A. Vocês se viram muito bem sem mim. 
B. E ter que lidar com as tietes que ficam correndo atrás de vocês? Não, obrigada!
C. Acho que eu gostaria!

A gente vai ficar plantado aqui por muito tempo? A gente pode entrar?
A. Hmm... Não sei... Sabendo do que aconteceu um pouco mais cedo, não tenho certeza de querer que vocês entrem.
B. Tá, entrem... (ou Neutra)

E eu sei que você não é uma menina de 15 anos num dos meus shows. Você não tem nada a ver com elas. Eu lamento que você tenha tido essa impressão.
A. Obrigada... Eu aprecio o esforço. E estou suroresa de ver vocês dois juntos. (caminho para a imagem)
B. Hmm... Isso não me parece 100% sincero. 

Ele te cai muito bem.
A. É sério? Parece que vocês estão de gozação comigo...
B. Obrigada... (caminho para a imagem)

(...)
A. (Isso está indo rápido demais.) Desculpe, eu... Eu não posso!
B. (Aproximei o meu rosto do dele...) (caminho para a imagem)

Hyun

Eu só a fiz entender que o comportamento dela não era digno de uma gerente. Ela diferencia os funcionários, não te valoriza nunca e, pior, te rebaixa... E quanto a mim... Bom...
A. Como assim, "bom"? A Clemence é legal com você.
B. E daí, o que foi que aconteceu?
C. Acho que você não deveria ter falado em meu nome.

Dormi, obrigado, e eu pensei também... Acho que, se você aceitar o evento, vou aceitar também. Vejo a minha família daqui a duas semanas...
A. Tem certeza ? Não é muito tempo sem vê-los? Sei o quanto isso é importante para você. 
​​​​​​B. Eu estava pensando em aceitar, também. 

Eu não vou demorar muito. Eu... É... Eu achei incrível o que você fez essa noite. Você foi extraordinária. E o seu traje... tudo... Você me deixa impressionado.
A. Foi por isso que você veio? Para me parabenizar pela noite?
B. Obrigada Hyun... É muita gentileza sua...
C. Sem a sua ajuda, eu nunca poderia ter feito tudo isso. (caminho para a imagem)

Por favor, fale alguma coisa.
A. Eu também gosto de você. (caminho para a imagem)
B. Olha, Hyun... Eu... Eu estou sabendo. Eu sei o que aconteceu essa noite... Com o Sr. Zaide.
C. Hyun... Você não parece bem... Tem certeza de que é isso que você veio me dizer.

Mas... O que é que eu estou fazendo?... Escuta, eu não posso... Desculpe. Eu acho que eu preciso me acalmar. Aconteceu uma coisa... Ele...
A. O que foi que aconteceu?
B. Eu estou sabendo. (caminho para a imagem)

Eu não sei o que fazer. Estou pensando em deixar a cidade! Imagina o que vai acontecer quando a gente se cruzar de novo!
A. Espera, Hyun. Esse tipo de coisa não acontece assim... Parece que o que aconteceu foi contra a sua vontade, mas é preciso de duas pessoas para que exista uma troca de beijo. Você se sente atraído por ele.
B. Por que você quer deixar a cidade? Vocês se beijaram. Bom, acontece! E vamos em frente.
C. M-mas... Você gosta de homens? (caminho para a imagem)

Eu queria ter te trazido até a porta do seu quarto. Eu queria ter tocado de leve a sua mão enquanto estivéssemos andando. Queria ter conseguido segurá-la... Eu queria ter colocado a minha mão nos seus ombros para que você não sentisse frio, e ter te abraçado, dizendo, finalmente, o que eu sinto... Mas nada. Nada aconteceu como previsto.
A. Hyun... Você parece meio perdido.
B. Mas você preferiu beijar o Rayan. Essa declaração não de sustenta mais, Hyun.
C. Eu sinto a mesma coisa... (caminho para a imagem)

Não, não foi o que eu disse... Eu... Eu acho que o termo que combina melhor e que você usou é "inesperado". Foi inesperado... Com certeza, é por isso que eu não sei o que pensar.
A. Escutem. Eu não estou me sentindo nem um pouco à vontade. Eu prefiro sair... Vou deixar vocês conversarem aqui. Pelo menos vocês vão estar tranquilos.
B. (Fiquei em silêncio, esperando a resposta do meu professor.) (caminho para a imagem)

(...)
A. Você não me deve nada. Nós não estamos juntos. Mas eu não posso. (Peguei o meu celular em cima da cama e passei correndo pela porta do meu quarto.)
B. (Eu me aproximei e dei um beijo no rosto dele.) (caminho para a imagem)

Nathaniel

Se você está procurando o seu amiguinho garçom, eu o vi conversando com um professor lá fora. 
A. Nath?! Achei que você estivesse fazendo de tudo para me evitar. 
B. Como você fez para entrar no café? É um evento privado.
C. O que você está fazendo aqui?

É isso, mesmo. É disso que eu estou falando. Entendi a que ponto eu fui um idiota por tentar cortar a relação. Você estava preocupada, eu quis resolver o problema sozinho. E imagino que eu acabei aumentando a sua angústia, em vez de ter te acalmado... Eu não deveria ter sumido.
A. Não se engane, eu estou muito bem. E, muito pelo contrário.... Você deveria ter sumido faz tempo.
B. Pois é. Você não deveria ter sumido e me deixado aqui sem entender nada, sendo que você sabia que eu fiquei mal depois do que aconteceu!
C. Você tomou uma decisão. De certa forma, eu entendo.

Ou ela pode ser inesquecível...
A. Vocês estão completamente loucos! Eu preciso sair daqui. (Eu contornei os dois, peguei o meu celular na minha cama e saí do quarto correndo.)
B. (Olhei para o Nathaniel... E coloquei a minha mão em volta do pescoço do Castiel para beijá-lo.) (Caminho para a imagem)
 
C. (Ri de nervoso.) Vocês estão de brincadeira?

Priya

(...)
A. Acho legal que você e a Chani tenham ficado amigas. Faz tempo isso?
B. Espero não ter problemas por ter feito você entrar aqui. 
C. Estou surpresa de te ver com a Chani... Vocês estão juntas?

Nenhum fiasco no horizonte! Você arrasou. Mas você deveria aproveitar para conversar com os artistas presentes, não?
A. Sei lá... Não me vejo muito falando com todo esse pessoal só para tentar me "vender".
B. É! Você tem razão, vou dar o melhor de mim. Vou lá falar com eles. 
C. Hmm… Eu preferia passar a noite conversando com você. (caminho para a imagem)

Eu te acordei?  Hmmm...Não. Não, você não me acordou.
A. Entre, Priya. (caminho para a imagem)
B. (Fiz um sinal com a cabeça para a Chani, como se perguntasse a ela se eu deveria deixar a Priya entrar.)
C​​​. A chani está aqui...Você quer entrar?

Eu te vi conversando com o Nathaniel...E...
A. Eu tenho o direito de conversar com ele.
B. Sim, eu sei o que você vai dizer...Mas, depois do que aconteceu da última vez, eu precisava entender melhor as coisas.
C. E...?

E você...Nós duas já vivemos milhões de coisas desde o ensino médio. Quando eu te vi de novo...Eu não tive a sensação de rever uma amiga. Eu tinha na minha frente uma outra pessoa...Eu gosto da maneira como você mudou, eu gosto do seu humor...E eu quero mais.​​
A. Então você está interessada em nós duas? (caminho para a imagem)
B. E agora, o que a gente faz?
C. Não consigo acreditar que você teve coragem de dizer isso para nós duas! Você não pode querer estar com duas pessoas ao mesmo tempo!

Você me autoriza?
​​A. Sim, autorizo. (Ela se aproximou um pouco mais...Uma das suas mechas, colada no seu lábio inferior, está nos separando) (ilustração)
B. Você está jogando um pouco perigoso. Nem eu, nem a Chani merecemos isso.

Rayan

Disse e ele tem razão... Está ótimo. Você não acha?
A. Todo mundo está me dizendo isso, mas eu não consigo saber se é para me agradar ou se é de verdade.
B. Sim, estou bastante orgulhosa do que nós fizemos. 
C. Sim! Agora me sinto pronta para organizar em tempo recorde todos os eventos da região!

Eu não posso... Eu não posso te contar. Você vai fugir de mim.
A. É evidente que alguma coisa não vai bem. Você veio até aqui para me contar, então, conte!
B. Respire um pouco...(caminho para a imagem)

Desculpe, pode parecer loucura, mas você é uma das únicas pessoas com quem eu consegui conversar de um jeito sério aqui. Eu não conheço mais ninguém, eu...
A. Parece até que o senhor acabou de cometer um assassinato.
B. É algo relacionado a mim?
C. Pode me contar. (caminho para a imagem)

Nós rimos... Eu não bebi quase nada. Estávamos lá fora, sozinhos... E a gente se beijou. Aconteceu de repente, sem nenhum sinal. Ele foi embora na hora, e eu fiquei na rua, como um imbecil. Eu... Eu não sei o que fazer. Preciso deixar a cidade.
A. O que? Mas...? O que? O senhor... O senhor gosta de homens?
B. Eu preciso digerir a informação. Hyun?? Vocês se beijaram? Como isso é possível? O Hyun? Não, eu conheço o Hyun, não é possível! (caminho para a imagem)

Nós três, ...
A. E-Eu... Eu acho que estou entendendo o que você quer dizer... E eu não posso. Desculpe... Eu preciso sair daqui, eu preciso tomar um ar. (Peguei o meu celular na minha cama e passei pela porta do meu quarto correndo.)
B. Eu... (Não consigo mais pensar... E, ao mesmo tempo... Não tenho nada a perder... Beijei o Hyun...) (caminho para a imagem)

Rapazes

Morgan

É, são as tablaturas. Acho que, um dia, eu gostaria de ser compositor. Eu não canto, não me sinto muito à vontade para me apresentar em público... Eu preferiria escrever músicas para os outros.
A. Que pena. Você não quer tocar uma coisinha para mim?
B. Você já fez o Alexy ouvir a sua produção?

E-eu... Eu tenho vontade de apresentá-lo para os meus pais!
A. Faça isso! A gente só tem uma vida. 
B. Talvez seja um pouco cedo, não?
C. É tão importante assim para você apresentá-lo para a sua família? 

Garotas

Ambre

Mas bom, eu sabia que vocês estariam aqui... E eu pensei que seria bom sair um pouco da minha rotina... Eu estava precisando disso, depois de um dia como o de hoje.
A. Por quê? O que aconteceu?
B. Você fez bem de ter vindo. Vai te arejar as ideias.
C.Eu não sabia que vocês eram amigos.

Se respondeu A:Às vezes, a carreira de modelo não é fácil...
 A. O clichê da modelo que fica reclamando. Todo mundo conhece essa história.
B. Por quê? Parece mais uma profissão que faz todo mundo sonhar.
C. Imagino...

Chani

É, mas eu não estou satisfeita.
A. Você está sendo exigente demais com você mesma. Estou falando sério, está maravilhoso. 
B. A gente precisa fazer uma exposição com as suas coisas, Chani! Acho que você ainda não se deu conta do talento que tem!
C. Que pena. Eu gostaria de poder observá-lo um pouco mais de perto. 

Eu gosto das sardas! Eu nunca vi tantas no rosto de alguém. Ela sempre parece tão tímida e reservada. Desde o início do ano eu queria pintá-la.
A. Essa garota... Você gosta dela?
B. É um quadro lindo. De verdade!

E ai, gostou?
A. Hmm... É... Diferente! Preciso me acostumar!
B. Está muito salgado... Você deixou o saleiro cair dentro da sopa?

(...)
A. Bom... Assim  vocês me colocam numa situação delicada. Eu...
B. Tá, entrem. Não é como se vocês fossem colocar o lugar de cabeça para baixo!

Na verdade...Eu vim te ver porque...Bom...Se eu fui embora correndo naquela hora é que...
A. Você está a fim da Priya?
B. Você está a fim de mim?  
C
. Você sabe que pode me contar tudo, né? Estou te ouvindo

A gente poderia tentar uma coisa.
​​A. (Retribuí o beijo a ela.) (caminho para a imagem)
​​B. N-não...Não posso, desculpe. Nós somos amigas.

Kim

Fiquei sabendo do seu desmaio. Estou te enchendo... Só estou feliz de te ver.
A. Valeu, Kim.
B. Quem te falou?

Então, não...
A. Você está me escondendo alguma coisa, Kim?
B. Você mente muito mal, sabia?

Nina

(...)
A. Diz uma coisa... Você está melhor? A gente não se viu de novo desde aquele dia em que as coisas aconteceram com você... Fiquei preocupada.
B. Você pode até dar ideias, se quiser!

Não achei que o resultado seria tão bom!
A. Valeu, Nina, sem a sua ajuda e a sua proposta, não teríamos chegado a isso. 
B. É, nada mal! Mas pensar que eu vou ter que te ajudar a fazer o dever de casa, além dos meus, durante o resto do ano... Já estou esgotada.

Rosalya

Se escolheu ver a Rosalya:

A.Haha, é bem a cara da Kim.

B. Bom, eu preferia que ela não soubesse...


(...)
A. E agora eu descobri que ele anda fazendo de tudo para me evitar.
B. Sinceramente, não quero saber.
C. Não sei o que ele anda tramando

(...)
A. E então? Você está sofrendo com os terríveis sintomas da gravidez? 
B. O bebê está bem? (ou neutra)  
C. Vocês não estão muito estressados ​​com a chegada do bebê?

Não de jeito nenhum! Você está bem? Quer falar comigo? 
A. Você pode me ajudar. 
B. Sim, tudo bem. Mas antes, como você está?

Ótima escolha. E agora, você vai ficar com qual?
A. (Ainda estou em dúvida.Tem um vestido longo bege claro com renda nos ombros que me saltou aos olhos.)  (caminho para a imagem com Priya e Chani)
B. (Ainda tá na dúvida... Mas uma calça com suspensório e a camisa transparente ficariam demais em mim.)  (caminho para a imagem com Castiel e Nathaniel)
C. (Ainda na dúvida ... Mas o vestido preto curto estilo Charleston é maravilhoso!)  (caminho para a imagem com Rayan e Hyun)

Yeleen

Desculpa se foi um pouco difícil para você. Eu só queria saber a verdade. É que foi um choque, só isso. 
A. Será que eu devo convocar a imprensa diante desse "desculpe" que saiu da sua boca, Yeleen?
B. Aprecio o que você falou, obrigada.

Oi. Eu achei mesmo que te veria voltando para cá. Você saiu?
A. Não é da sua conta...
B. Eu estava no café. A Clemence queria me fazer uma proposta.

Um evento pago! Não é todo mundo que pode ir. O objetivo é arrecadar dinheiro para a faculdade
A. Sim, claro. Eu sei que é um evento para angariar fundos. 
B. Meu Deus, as pessoas vão pagar para ir a esse evento? 

Não acredito. Você até colocou um traje? Achei que não fosse obrigatório. 
A. Não, não é. Eu só pensei que seria legal vestir a camisa, já que eu sou a organizadora. 
B. Não preciso das suas críticas negativas. Já recebi elogios dos outros, então, sei que surtiu efeito!

Outros

Docete

(...)
A. (Vou mandar uma mensagem para a Rosa.)
B. (Vou ver se a Chani está disponível.)

Clemence

Ah, você acha que o dia está bom, é? Ainda tem um monte de coisas para preparar! Não, mas olha isso. Eles são incapazes de mexer numa máquina de café!
A. A senhora mostrou a eles como fazer?
B. É mesmo... Parece que eles não sabem se virar direito...

Sibylle

(...)
A. A Yeleen não teve nada a ver com a escolha do tema.
B. Ah, é?  Aliás, Yeleen, fiquei pensando... Como você chegou a essa ideia?

Navegação

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.